Home Biografia, letras, curiosidades e mais Artigos Inspiração e recriação: O velho faz o novo!

Inspiração e recriação: O velho faz o novo!

A reinvenção de coisas feitas no passado não é novidade alguma. De Michael Jackson, passando por Madonna e chegando até a cultura pop atual, a recriação de elementos de dança ou de filmes clássicos é algo que talvez passe despercebido pelos olhos de quem assiste. Até agora.

Ao perceber todo o interesse que os fãs estão tendo pelas referências à cultura pop presentes no clipe de Telephone, nós, do BNow, resolvemos rever todos os clipes de Beyoncé e mostrar para vocês todos os artistas, vídeos e filmes que ajudaram a cantora a criar uma videografia tão criativa e diversificada.’03 Bonnie & Clyde
O clipe não possui influência musical, e sim histórica e cinematográfica: Bonnie e Clyde foram uma dupla de criminosos que realizou grandes roubos durante a primeira metade da década de 30 e que acabaram ganhando notoriedade pelo mundo tanto pelos seus crimes quanto pela sua trágica morte numa emboscada policia em 1934.

A vida e morte da dupla se transformaram num sucesso do cinema em 1967, num filme estrelado por Warren Beaty e Faye Dunaway.

No vídeo clipe, temos Beyoncé e Jay-Z como uma nova versão de Bonnie e Clyde. Durante os quase cinco minutos de história, podemos ver cenas da polícia tentando capturar o casal intercaladas com cenas onde a dupla foge e conta o dinheiro que roubaram.

A música é inspirada na faixa “96 Bonny & Clyde”, do já falecido rapper Tupac. No minuto 1:59 do vídeo, podemos ver seu rosto pichado em um muro presente no cenário, em sua homenagem.

Diferentemente da vida real, o final da história de Beyoncé e Jay-Z é feliz, com a dupla de criminosos enganando a polícia e fugindo.

Naughty Girl

Em Naughty Girl, Beyoncé nos mostra pela primeira vez em carreira solo sua paixão pelos clássicos de dança hollywoodianos.

Neste clipe, ela faz uma releitura de “Roda da Fortuna” (The Band Wagon), filme de 1953, estrelado pelo grande Fred Astaire e por Cyd Charisse.

O cenário e o figurino do clipe são claramente baseados em uma das cenas do filme, assim como vários passos da coreografia de Beyoncé e Usher.

Ring The Alarm
Ao analisarmos o contexto do vídeo juntamente ao significado da música, podemos perceber que a personagem de Beyoncé neste pequeno filme é suspeita e acaba sendo acusada de matar seu ex-parceiro.

 


Clique aqui para ver a famosa cena.

Na cena do interrogatório, Beyoncé veste um figurino que remete à personagem de Sharon Stone no filme Instinto Selvagem, de 1992, e à famosa cena da “cruzada de pernas”, que a cantora reproduz de forma mais sutil em seu vídeo.Beautiful Liar
Um tempo após sua estréia, este clipe causou uma pequena polêmica entre os fãs de Beyoncé e os da cantora Laura Pausini. Os admiradores da italiana se surpreenderam ao assistirem a uma das cenas do vídeo de Beyoncé e Shakira, onde elas aparecem em uma cenário similar ao do clipe Spaccacuore, de Pausini.

Podemos perceber a semelhança no fundo de nuvens e no chão coberto de água.

O clipe da italiana teve sua estréia também em 2007, mas em janeiro, enquanto que Beautiful Liar foi lançado em março. A inspiração de Beyoncé para esse clipe ainda gera controvérsias.Get Me Bodied
Todo o figurino e o cenário da festa em Get Me Bodied são uma alusão ao filme Sweet Charity, de 1964, estrelando Shirley McLane. Além disso, vários passos da coreografia e cenas são reproduzidos fielmente, em homenagem ao grande Bob Fosse.

Outros momentos do clipe, como a cena das portas coloridas e a de Beyoncé, Kelly, Michelle e Solange saindo de uma limousine debaixo de um guarda-chuva são tiradas do filme Cinderela em Paris, estrelado por Audrey Hepburn.Green Light
Em Green Light, Beyoncé e suas dançarinas reincarnam as “mulheres que fingiam tocar instrumenos” no vídeo de “Addicted to Love”, de Robert Palmer.

Em entrevista, a cantora contou que gostava da cena e resolveu recriá-la. .Single Ladies
Toda a dança do clipe é inspirada numa seqüência do coreógrafo Bob Fosse, o mesmo que criou os números de Sweet Charity. Alguns movimentos são, inclusive, deste mesmo filme, como o momento em que Beyoncé e suas dançarinas sobem na rampa “invisível”.

Sweet Dreams
Sweet Dreams teve todo seu visual inspirado no vídeo promocional da coleção outono/inverno 2009 do estilista britânico Gareth Pugh. Figurinos e efeitos especiais são semelhantes nos dois clipes.

Broken-Hearted Girl
Cenas em preto-e-branco passadas em uma praia remetem aos vídeos de Herb Ritts, que dirigiu clipes como “Cherish”, de Madonna, e “Love Will Never Do Without You”, de Janet Jackson.Vídeo Phone
A intro do clipe, com Beyoncé e seus dançarinos andando em câmera lenta, é uma referência a uma cena do filme Cães de Aluguel, de Quentin Tarantino. Clique aqui para assistir.

Beyoncé também aparece com um visual semelhante ao da famosa pin-up Bettie Page, falecida em 2008, em sua homenagem.

Telephone

1- “Batman”: Na série dos anos 60 estrelada por Adam West era animada com balões de onomatopéia como “Pow!” e “Zonk!” nas sequências de luta, o que podemos ver no clipe, como “Smack!” e “Wroom!”.

2- “Caged Heat”: Garotas na prisão. Todo o visual penitenciário é inspirado no filme Caged Heat, de 1974. Nudez, músculos e brigas são as semelhanças entre os vídeos.

3- Capitão América e Mulher Maravilha: Super-heróis ícones das histórias em quadrinhos. A roupa de estrelas e listras de Beyoncé traz as cores do Capitão Américas e a silhueta da Mulher Maravilha.

4- Coca Diet: Resfrescante, bebida sem açúcar, perigosa quando ingerida com Mentos. Serve de bobs de cabelo para Gaga durante a cena de luta.

5- Doom: Banda punk inglesa que fez sucesso entre 1987 e 1990, desaparecendo logo depois. Seu logo é visível na jaqueta de couro de Gaga durante a sequência de luta.

6- Double-Breasted Drive-Thru (Drive-Thru Duplo-Peito): O logo visto no copo de Beyoncé enquanto ela dirige o Pussy Wagon. Não existe de verdade, mas pode ser uma referência ao “Drive Thru Duplo D”, que ficou famoso com o site FunnyOrDie.com

7- Natali Germanotta: Irmã mais nova de Gaga. É bem parecida com a cantora antes da fama. Aparece nas cenas da prisão.

8- Hermafrodita: Rumores de que Gaga seria hermafrodita foram muito comentados em 2009. O vídeo faz uma brincadeira com isso, quando, depois de despir Gaga e jogá-la na cela, uma das guardas diz para a outra “Eu disse que ela não tinha um pinto.”

9- “High and Dry”: Single do álbum de 1995 The Bends, do Radiohead. Dois vídeos foram filmados para essa música, e um deles apresenta uma lanchonete muito similar à de Telephone.

10- Michael Jackson: O grande Rei do Pop. Gaga presta uma homenagem a ele fazendo um pequeno passo de dança similiar aos que o cantor fazia. Momento presente na cena que Gaga é solta da prisão.

11- “Kill Bill”: O épico filme de Quentin Tarantino. O carro Pussy Wagon, de Uma Thurman no filme, reaparece como o automóvel de fuga de Beyoncé e Gaga.

12- David LaChapelle: As cores hiper-saturadas do clipe são uma forte alusão ao trabalho do fotógrafo e diretor. As cenas de Gaga enrolada na fita amarela dentro de sua cela também remetem ao estilo de LaChapelle.

13- Lava: A cadela se chama Great Dane, e é irmã de Rumpus. Os dois aparecem no vídeo “Poke Face”, de Gaga. Ela pode ser vista nas cenas da lanchonete em Telephone.

14- “Lock, Stock and Two Smoking Barrels”: O estilo do diretor Guy Ritchie pode ser percebido na cena da lanchonete: a rápida mudança de imagem e os efeitos sonoros.

15- Madonna: A grande lenda do pop. Gaga já trabalhou com ela anes, e seu visual durante a cena de dança na prisão remete eo vídeo de “Vogue”.

16- Russ Meyer: O rei do cinema-sexual. Mulheres só de lingerie, numa mistura de violência e sensualidade, remetem ao trabalho de Meyer.

17- “Natural Born Killers”: Uma sátira aos assassinos em série de Woody Harrelson e Juliette Lewis.

18- Bettie Page: Pin-up dos anos 50. Gaga imita seu visual no vídeo de Telephone.

19- “Pulp Fiction”: O ganhador do Oscar de Quentin Tarantino. Do cenário da lanchonete aos apelidos que Beyoncé e Gaga se chamam, o filme tem várias referências no clipe.

20- Radio KUK: Estação de rádio fictícia escutada no Pussy Wagon. Pode ser uma homenagem à franquia “Grand Theft Auto”, ou a rádio KLON, a estação que aparece no álbum Songs for the Deaf, do Queens of the Stone Age.

21- Jai Rodriguez: Um dos criadores do “Queer Eye for the Straight Guy”. Faz uma participação como um repórter de TV noticiando os homicídeos da lanchonete.

22- Semi Precious Weapons: Amigos de Gaga e equipe da turnê. Aparecem nas cenas da lanchonete, sendo envenenados.

23- “Thelma & Louise”: A cena na qual Beyoncé e Gaga dão as mãos e rumam ao desconhecido é uma forte alusão ao filme estrelado por Geena Davis e Susan Sarandon.

24- Shania Twain: Estrela do pop canadense. A roupa que a cantora usa no seu vídeo de “That Don’t Impress Me Much” se parece muito com o figurino de leopardo de Gaga.

25- WNS News: O canal fictício no qual trabalha Jai Rodriguez. Talvez uma alusão a famosa estação de rádio 1010 WINS, de Nova York.

Fontes de pesquisa:
Youtube.com
Google Images
MTV.comComo podemos observar, as inspirações e releituras estão presentes em vários clipes, e até mesmo em performances. Esperamos que gostem do pequeno artigo que fizemos!Escrito por Roberta Lessa
Mais artigos deste colunista:

001. Oh Listen! [conferir]
002. I’ll Be Damned [conferir]
003. Beyoncé Vota? [conferir]
004. Os ídolos de Beyoncé [conferir]
005. The Musical Is Back [conferir]
006. Inspiração e recriação: o velho faz o novo! [conferir]